Mudar de hábitos – chave de transformação

caminhoSe queremos mudar, evoluir, sermos mais felizes, mais tarde ou mais cedo somos confrontados com a necessidade de mudar de hábitos. Libertar-nos de hábitos que se tornaram nocivos e que até nos trazem infelicidade, e em contrapartida instalar hábitos saudáveis e positivos – contudo, este processo não é assim tão fácil. Mas temos de recordar que para mudar, às vezes basta mudar uma coisa. Só uma.

Dez dicas para esta mudança:

1.
Foco
Escolher por onde começar (geralmente não começar pelo mais difícil) e manter o foco nesse novo hábito durante o tempo do desafio. Por isso mesmo convém mudar um hábito de cada vez. Podes usar post its, cartazes, postais e colocá-los no frigorífico, na casa de banho, pela casa; escolhe uma imagem elucidativa ou palavras motivadores como wallpaper e screensaver no computador, envia-te e-mails… ! Ah! e muda as tuas passwords para integrarem o teu desafio.
2.
Compromisso
Compromete-te de verdade contigo mesmo, mas também com os outros. Assina um contrato, torna o teu comprometimento público – conta aos amigos, coloca no facebook, no teu blog, põe um anúncio no jornal :) Para instalar um hábito, compromete-te com um desafio: 21 dias, 30 dias, 40 dias.
3.
Treino
Mudar de hábitos requer prática, repetição. Dia após dia. Se falhares um dia, tenta de novo. Não te culpabilizes. Isso não vai ajudar.
4.
Motivação
Reflete sobre o que conseguirás ao adquirir esse hábito. O que é que pode trazer para a tua vida. Quando te sentires a esmorecer, a procurar uma escapadela (somos muito bons a arranjar desculpas!), volta a refletir sobre a tua motivação.
5.
Ajuda
Se possível arranja um parceiro ou procura um grupo, um apoio, mesmo online.
6.
Monitoramento
Acompanha os teus progressos num diário ou numa agenda. Escreve antes de te deitares.
7.
Recompensas
Congratula-te, e oferece-te pequenos (ou grandes) presentes.
8.
Aceitação
Aprende a lidar com interrupções, é de esperar que as condições não sejam perfeitas – a vida, as condições, nunca são perfeitas… e não têm de ser perfeitas.
9.
Pensamento positivo
Nota o que te dizes interiormente: muitas vezes as barreiras são criadas pelos nossos pensamentos. Pensamentos não são factos, mas têm um grande poder sobre nós. Temos de começar a mudar o equilíbrio desse poder.
10.
Em resumo
Não penses demais – just do it!