O elefante

Em tempos antigos, irmãos, havia um rajá em Savatthi. Um dia, irmãos, o rajá chamou um certo homem e disse-lhe: “Anda cá amigo, vai juntar todos os cegos de Savatthi!” “Muito bem, majestade”, respondeu o homem, e, obedecendo ao rajá, reuniu todos os cegos, levou-os ao rajá e disse: “Majestade, todos os cegos de Savatthi…

o que é a felicidade?

Quando eu não suportava mais a dúvida, fui procurar o Grande Bode. – O que é a felicidade? – Para ficares a saber o que é, vou contar-te a história da Selma, a ovelha. -Era uma vez uma ovelha…. que todas as manhãs ao nascer do sol, comia uma boa porção de erva… e ensinava…

danças sagradas e outras

Adorei esta história contada por Elizabeth Gilbert no seu último livro Big Magic. Refere as nossas confusões com tanto humor e leveza 🙂 “As danças do Bali são uma das mais extraordinárias formas de arte mundiais. São requintadas, intrincadas, e antigas. E sagradas. As danças são apresentadas ritualmente em templos, como desde sempre, com a…

o monge interior

Os textos religiosos fazem com que a vida monástica pareça muito profunda e constante, uma vida que permanece a mesma durante milhares de anos, intemporal. Pode haver alguma verdade nesta ideia, porque para além de tudo o que nós somos há esta pessoa, o monge, que vive uma vida perfeita e autêntica. Todos temos este…

renascer

De certa maneira podemos morrer várias vezes numa mesma vida. Sobretudo em épocas de crise e de mudança. Este texto de Thich Nhat Hanh, mestre zen, poeta, activista, fala de renascer, de começar novamente. “Suponham que uma nuvem esteja a flutuar no céu, e esteja a ponto de morrer, de se tornar chuva. A nuvem…

A minha prática é a paciência

Um texto de Luang Por Sumedho que é um grande ensinamento, toca tantos aspetos da nossa vida – e como tão facilmente a aversão toma conta de nós e nos impede de viver plenamente: “Quando fui pela primeira vez a Wat Pah Pong não conseguia entender a língua, Lao. E nessa altura Ajahn Chah estava…

Como é que eu me torno um Buda?

Durante uma sessão de perguntas e respostas, uma menina de 10 anos de Berlim perguntou: Como é que eu me torno um Buda? O Karmapa riu e abanou a cabeça, dizendo que essa é que era a verdadeira questão. “Tornar-se um Buda é como o desabrochar de uma flor. Também significa acordar e ser desperto….