Sem limites: a via do Bodhisattva 5

O próximo voto é: Os desejos/ilusões são inesgotáveis, eu faço voto de lhes pôr um fim. Também este levanta muitas questões (e controvérsia e rejeição) e toca numa das concepções erróneas acerca do Zen. Este voto não é sobre a extinção do desejo, não é sobre desligar, tornar-se inumano e frio, ou não ter sentimentos….

A Impermanência

O segundo pensamento de transformação da mente que nos desperta do estado de ignorância é a contemplação da  impermanência – impermanência não meramente como uma compreensão intelectual, mas antes como uma forma de ser que se incorporou na nossa sabedoria viva. Todos sabemos que as coisas mudam, mas quantos de nós vivem e agem a…

Não precisas de viajar

No início da minha prática tinha esta ideia de que os bons meditantes eram banhados continuamente por uma luz branca. Nunca ninguém me tinha dito que deveria sentir esta luz branca; eu é que achava que era o sinal de uma boa prática. E suspeitava que mal tivesse a experiência dessa luz branca, os meus…

como entro na minha vida

Há uma história da tradição budista Ch’an chinesa sobre uma mulher que deixa um mosteiro, depois de lá viver algum tempo, sentindo que, com as práticas formais que aprendia, não estava a conseguir aprofundar a experiência da sua vida. E esta mulher volta ao mosteiro e pede para voltar a falar com o seu antigo…

perder

Muitas pessoas pensam que a meditação requer imenso esforço e é algo que temos de adquirir. Temos esta ideia de que exige esforço, temos de nos forçar a fazer, e no final, podemos ter sucesso ou falhar. E acho que é muito importante perceber que não é nada disso. Isto é apenas o ego a…

três mil reinos a cada instante

Na escola budista Nichiren há este conceito de “três mil reinos num único momento da vida”. De uma forma simples, significa que a cada instante, temos a possibilidade de reagir de milhares de maneiras diferentes, mas também a habilidade de escolher a melhor forma de reagir… a liberdade de escolher novos caminhos. Reconhecer que temos…

estar à vontade em qualquer lugar

Quando achamos que a nossa prática de meditação está desinteressante, ou inadequada, ou que as condições não são favoráveis, e se achamos que somente numa caverna dos Himalaias, ou num mosteiro asiático, ou numa praia nos trópicos, ou num retiro em algum lugar da natureza as coisas poderiam melhorar, e a meditação seria mais forte,…

mindfulness e impermanência 2

O meu primeiro professor do Dharma, Anagarika Munindra, costumava perguntar-nos: “Onde está o fim de ver, o fim de provar, o fim de sentir?” Claro que não há nada de errado com essas experiências – simplesmente não conseguem satisfazer a nossa ânsia profunda de felicidade. O maravilhoso paradoxo do caminho espiritual é que todos estes…

impregnar o mundo

“Bikkhus, estes são os 5 tipos de discurso que outros podem usar quando se vos dirigem: as palavras podem ser oportunas ou não, podem ser verdadeiras ou falsas, gentis ou ásperas, relacionadas com o bem ou com a maldade, ou ditas com um estado mental bondoso ou odioso… Posto isto, Bikkhus, devem treinar-se desta forma:…

renascer

De certa maneira podemos morrer várias vezes numa mesma vida. Sobretudo em épocas de crise e de mudança. Este texto de Thich Nhat Hanh, mestre zen, poeta, activista, fala de renascer, de começar novamente. “Suponham que uma nuvem esteja a flutuar no céu, e esteja a ponto de morrer, de se tornar chuva. A nuvem…

A Perfeição da Meditação

A quinta prática é a dhyana paramita, a perfeição da meditação. Dhyana é chamada de zen em japonês, chan em chinês, thien em vietnamita e son em coreano. A dhyana, ou meditação, tem dois atributos. O primeiro é o de parar (shamatha). Nós passamos a nossa vida a correr atrás de uma ideia ou outra…

A Perfeição da Ética

A segunda prática, a segunda paramita, é o aperfeiçoamento dos preceitos (shila paramita), ou treinamentos da atenção plena. Os Cinco Treinamentos da Atenção Plena ajudam a proteger o corpo, a mente, a família e a sociedade. O Primeiro Treinamento da Atenção Plena versa sobre proteger as vidas dos seres humanos, animais, vegetais e minerais. Proteger…

A Perfeição da Generosidade nos relacionamentos

Na tradição budista, as Paramitas referem-se às qualidades a aperfeiçoar para “atravessar para a outra margem”, a margem da libertação, da felicidade. A margem da harmonia e bons relacionamentos. A primeira qualidade, a primeira perfeição, é a generosidade – dana paramita. E o que é dana? Existe uma planta, muito conhecida na Ásia – um…

Treinar a atenção

Quando dirigimos a nossa energia para estarmos presentes apenas numa expiração, e mais outra, lentamente o poder da nossa concentração aumenta. Depois de sentar algum tempo, começam a surgir diferentes sensações, tal como dor, tensão, formigueiros, calor, pressão, desconforto. Noutras alturas, surgem outras sensações, mais neutras ou mesmo agradáveis. Vibrações, suavidade, tranquilidade, luminosidade. Quando uma…

A prática de Mindfulness

A atenção plena ou plena consciência (mindfulness) ocupa um lugar de primeira importância em todo o caminho budista. Na verdade, é o que torna possível qualquer prática espiritual. A atenção plena é a qualidade da mente que se dá conta do que está presente, sem julgamentos, sem interferência. É como um espelho que claramente reflecte…