Sem limites: a via do Bodhisattva 8

Numa história Zen popular, um monge chamado Basho (que mais tarde se tornou um grande mestre) encontrava-se sentado disciplinadamente quando o seu mestre veio e perguntou:

“O que fazes?”

“Sento-me para me tornar Buda, para me tornar desperto”, respondeu Basho.

O mestre não disse nada. Levantou um tijolo do chão e começou a poli-lo. Basho perguntou-lhe o que estava a fazer.

“Estou a polir o tijolo para que ele se torne um espelho”, disse o sábio.

“Isso é ridículo!”, disse Basho. “Não adianta o quanto o vais polir, esse tijolo nunca poderá ser um espelho”. E o mestre retorquiu:

“É como tu aí sentado, tentando ser um Buda”.

Enquanto tivermos esta ideia de que nos iremos tornar em algo, que a prática do sentar nos trará algo, que iremos concretizar, chegar, obter, estamos a falhar o coração da prática. Não há nada a obter: já “temos” tudo – somos tudo aquilo que desejamos encontrar. Não podemos chegar a lado algum: já lá estamos. Os nossos objetivos de obter, chegar, concretizar podem apenas sair furados. E vendo que não chegamos a lado nenhum, podemos facilmente dizer: “Oh, não me vou sentar mais, não vale a pena! Não me estou a tornar noutra pessoa… Esquece! Estou cansada. Prefiro dormir. Não me está a levar a lado nenhum, não está a dar em nada sentar-me. É melhor ler um livro, tomar café, ir ao cinema, dormir uma sesta, estar com os amigos”. O que é aceitável, porque tomamos consciência da verdade. Esta prática não vai fazer o que achas que faz. Portanto vai tomar outro café.

No entanto, se estiveres consciente do momento presente e apenas te sentares, sem seres levado pelos teus gostos e não-gostos (“Eu gosto disto, estou a conseguir algo; Eu não gosto daquilo, não estou a ir a lado nenhum”), se apenas te sentares com isso – sem o negares – senta-te com isso, está presente com isso, como que incluindo tudo isso, o que acontece? Dás-te conta daquilo que és exatamente!

 

Ensinameno de Sensei Amy Hollowell

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s