o mestre ideal

on

Normalmente, encaramos o desconforto de qualquer ordem como negativo. No entanto, para os praticantes, os que têm uma certa fome de saber o que é a verdade, as experiências de sentimentos como o ciúme ou o medo, em vez de serrem nefastas, são de facto momentos de grande clareza que nos ensinam onde estamos a retrair-nos. Eles ensinam-nos a levantarmo-nos e a abrirmo-nos quando preferimos que preferíamos ceder e recuar. São uma espécie de mensageiros que nos demonstram, com uma incrível clareza, exatamente onde estamos presos. Este preciso momento é o mestre ideal e, felizmente para nós, ele está connosco onde quer que nos encontremos.

Pema Chödron, Quando Tudo se Desfaz

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s