mindfulness e impermanência

Na próxima vez que derem um passeio, prestem atenção ao movimento do vosso corpo e às coisas que pensam, vêm e sentem. Reparem no que acontece a todas estas experiências enquanto continuam o vosso caminho. O que acontece com elas? Onde estão? Quando olhamos, vemos tudo continuamente a desaparecer e novas coisas a surgir – não apenas em cada dia e a cada hora, mas também a cada momento. Esta verdade é tão vulgar que nem lhe prestamos atenção. Ao não prestar atenção, perdemos a oportunidade quotidiana de a qualquer momento ver directamente, e profundamente, a natureza transitória das nossas vidas.

Joseph Goldstein, One Dharma

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s