o monge interior

on

Os textos religiosos fazem com que a vida monástica pareça muito profunda e constante, uma vida que permanece a mesma durante milhares de anos, intemporal. Pode haver alguma verdade nesta ideia, porque para além de tudo o que nós somos há esta pessoa, o monge, que vive uma vida perfeita e autêntica. Todos temos este monge dentro de nós. Queremos esta vida de silêncio e perfeição. E quando nos afastamos deste desejo, sofremos. Andamos às voltas à procura de algo que parece que não encontramos, as nossas vidas não funcionam. Quando estamos em contato com essa vida, em retiro, ou em alguns momentos de prática, ou noutros momentos, sós, debaixo das estrelas, sentimo-nos completos. E aproximamo-nos dos outros de uma forma mais serena.

 

Estágios da Vida Monástica, Zoketsu Norman Fischer, do Centro Zen de San Francisco

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s